Planejamento Tributário

Você está aqui: Home » Atuação » Planejamento Tributário

A carga tributária brasileira alcança aproximadamente 40% do Produto Interno Bruto (PIB), ou seja, quase a metade de tudo o que é produzido ou vendido no país, incluindo os serviços, é tributo.

Um componente de custo desse tamanho não pode ser negligenciado pelas empresas.

Nesse sentido, gestão tributária ideal é a que busca, em primeiro lugar, o pagamento correto dos tributos evitando a imposição de multas e acréscimos, os quais não só aumentam o custo, como surgem de forma inesperada comprometendo o fluxo de caixa.

Cabe ainda à gestão tributária encontrar a forma menos gravosa de cumprir as obrigações fiscais: o planejamento tributário. Essa importante atividade analisa a legislação e suas atualizações e, de acordo com as atividades da empresa, indica os melhores caminhos e formas de tributos, visando pagar o mínimo possível de impostos, dentro do que permite a lei.

Para isso, o planejamento tributário analise benefícios fiscais concedidos por municípios, estados e pelo governo federal para indicar serviços e atividades que podem ser beneficiadas. Pode sugerir mudança de local de determinada indústria ou serviço.

Outro item tratado pelo planejamento é em relação a reorganização societário, podendo propor mudanças ou até mesmo abertura de empresas com atividades complementares.

Outros pontos que são considerados em um bom planejamento tributário são:

  • Levantamento de créditos de insumos de PIS/COFINS;
  • Reclassificação fiscal de produtos;
  • Racionalização de atividades.